Obrigado, 2022!

Em 2022, o GEJA pôde, finalmente, voltar à natureza.

Depois de quase dois anos enfrentando uma emergência sanitária que atingiu todo o mundo, conseguimos, aos poucos, retornar à essência daquilo que nos torna escoteiros: fazer atividades ao ar livre, acampar, ser amigo de todos e praticar boas ações.

E é por isso que agradecemos a cada um e a cada uma que deram sua contribuição para que, hoje, pudéssemos contar uma parte dessa história que já dura 45 anos.

Como todos sabem, o escotismo é feito de jovem para jovem, mas nada é possível sem o apoio das famílias. Aos pais e mães, nosso agradecimento por acreditarem no método escoteiro e por confiarem seu bem mais precioso aos cuidados dos nossos voluntários.

No escotismo, aprendemos a fazer fazendo e aprendemos, sobretudo, pelo exemplo. Por isso, nosso grato, gratíssimo aos escotistas que empreenderam essa jornada ao longo de 2022, estando ao lado dos nossos jovens em todas as atividades – do jogo da cidade à atividade de primeiros socorros, do acantonamento dos lobinhos ao acampamento volante da tropa sênior, do Jota-Joti ao passeio ciclístico, da entrega de rações ao abrigo ao jogo de orientação, além de todas as atividades de sede, indabas, reuniões de planejamento e uma infinidade de outras responsabilidades inerentes a quem acredita no que faz. Sempre tinha um chefe para dar apoio, suporte e encorajar nossos meninos e meninas a irem mais longe.

Aos adultos voluntários (escotistas e dirigentes) que estão todos os sábados dedicando seu tempo e energia para nosso grupo, gostaríamos de agradecer profundamente seu compromisso.

Como diria nosso fundador, Robert Baden-Powell, “o melhor meio para alcançar a felicidade é contribuir para a felicidade dos outros”. Ver o sorriso de nossos lobinhos, receber um abraço dos escoteiros, ouvir um agradecimento sincero de seniores e guias e observar os voos cada vez mais altos dos pioneiros são os nossos maiores prêmios e nossa maior realização.

A todos os jovens que compõem o GEJA, saibam que vocês são a grande razão do escotismo. Sem a disposição e a vontade de vocês de fazer parte desse movimento, nada disso seria possível.

Foram tantos bons momentos este ano que foi difícil separar apenas algumas fotos. Apesar da tarefa hercúlea, selecionamos imagens que mostram um pouco do que foi e de quem foi o GEJA neste 2022, data em que essa história de sucesso completa 45 anos.

Que em 2023 possamos novamente nos reencontrar para manter vivo aquilo que nos une: o amor pelo escotismo.

Autores

  • Lilian Beraldo Veiga
  • Bruno Souza

    Fui escoteiro no GEJA entre 1981 e 1984. Depois, continuei escoteiro por toda a minha vida, mesmo quando não estava usando lenço. O Escotismo consolidou meus valores e me ajudou em vários momentos durante a minha vida. Hoje, como adulto voluntário, entendo o Escotismo como uma oportunidade de deixar o mundo um pouco melhor do que encontrei através da educação dos jovens que passam pelo movimento escoteiro e pelos amigos que vamos encontrando no caminho.

1 comentário em “Obrigado, 2022!”

  1. Abigail Vieira Queiroga

    Descobri que tinha um jogo de sabedoria por traz de uma simples brincadeira entre crianças sentadas na grama guiadas por um adulto. Fui curiosa conhecer o que era aquilo. Descobri que era escotismo e a partir daí não sai de perto. O escotismo é uma filosofia de vida que encanta nossos corações pelas propostas de crescimento e desenvolvimento do caráter e de ser de feito de jovem para jovem e o aprender fazendo. E hoje o GEJA está presente minha vida nos sábados à tarde. Parabéns GEJA ! (representado por essa força invisível de união, de alegria, de fraternidade, de colaboração dos jovens, dos chefes, dos diretores, dos papais, das mamães, das titias, enfim de todos participantes do grupo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top